Mark Ruffalo critica hipocrisia de Obama em relação às energias limpas.


O astro de Hollywood Mark Ruffalo acusou o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de hipocrisia por permitir a extração de combustíveis fósseis enquanto se apresenta como um defensor das energias limpas.
O ator de "Spotlight: Segredos Revelados" e "Vingadores", indicado ao Oscar, discursou no domingo em um protesto em Los Angeles contra as mudanças climáticas causadas pelo homem e, em particular, contra o controverso oleoduto Dakota Access Pipeline, onde houve uma escalada de protestos nas últimas semanas.
"Presidente Obama, é imoral que você continue perfurando nas terras do nosso Estado, nas terras e nas águas federais, enquanto ao mesmo tempo você se apresenta como um líder na luta contra as mudanças climáticas", disse o ator.
Ruffalo, de 48 anos, recentemente narrou e produziu "Dear President Obama, The Clean Energy Revolution Is Now" (Caro presidente Obama: a revolução das energias limpas é agora, em tradução literal), um documentário crítico sobre o legado ambiental do presidente.
Ele esteve acompanhado no palco pelas atrizes Shailene Woodley, 24, e Susan Sarandon, 70, em um evento de cinco horas com música e discursos diante de cerca de 800 pessoas em MacArthur Park, no centro de Los Angeles. (...)
Fonte: Yahoo Noticias 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Então, o que você achou? Comente aí.