De Repente 30 vai ganhar versão musical para os palcos da Broadway

"[A história] tem todos os elementos de um bom musical".


De Repente 30 é um sucesso da cultura pop dos anos 2000, inclusive, já foi considerado pelo AdoroCinema um dos possíveis clássicos da Sessão da Tarde deste período. Provando o seu potencial, a comédia romântica estrelada por Jennifer GarnerMark RuffaloJudy Greer e Andy Serkis irá ganhar uma versão musical para os palcos da Broadway.

Dirigido por Gary Winick (A Menina e o Porquinho e Cartas para Julieta), o filme de 2004 gira em torno de Jenna (Garner), uma adolescente que sonha em crescer para poder escapar das pressões sociais e da humilhação. Com a ajuda de um pó do desejo no seu 13º aniversário, ela consegue o feito de no dia seguinte acordar com 30 anos como uma mulher glamourosa que parece ter tudo o que Jenna sempre sonhou, exceto o seu melhor amigo, Matt (Ruffalo).

A adaptação do filme para os palcos da Broadway está sendo escita por Josh Goldsmith e Cathy Yuspa, responsáveis pelo roteiro de Do Que as Mulheres Gostam. A produção será da Revolution Studios (xXx: Reativado) junto com os produtores Andy Fickman, Dean Stolber e Todd Garner - que foi produtor executivo do longa de 2004. Fickman também será responsável pela direção do espetáculo. Segundo uma entrevista dele ao Deadline, "[a história] tem todos os elementos de um bom musical: comédia, romance e uma mensagem de empoderamento - além de um toque de mágica".As músicas serão originais e ficarão a cargo de Alan Zachary e Michael Weiner. Os dois começaram a trabalhar juntos recentemente, mas já compuseram para o musical First Date e também estão participando da adptação de 17 Outra Vez e Vem Dançar para os palcos da Broadway. Se você está se perguntando sobre a canção "Thriller", de Michael Jackson - que é usada em uma cena icônica em De Repente 30 -, o Deadline afirma que ela não foi descartada do musical e que a produção do espetáculo está buscando as autorizações necessárias. A peça ainda não tem previsão de lançamento.

Fonte: Adoro Cinema

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Então, o que você achou? Comente aí.